Apresentadora é demitida da RecordTV e relata machismo: ‘Bonita demais’

recordtv
Mariana contou, na postagem, que uma das piores situações teria ocorrido em 4 de maio (Reprodução/@marianamartins.tv/Instagram)

A jornalista Mariana Martins, que comandava o Balanço Geral Manhã, na RecordTV em Goiás, anunciou hoje (26) ter sido demitida da emissora. Ela usou o Instagram para contar aos seguidores sobre o desligamento. Além disso, Mariana relatou supostos episódios de machismo e constrangimento nos bastidores do canal.

“Cheguei a ouvir de uma gerente, mulher, que talvez meu jeito de andar não era o certo. E que eu deveria sensualizar menos na hora de falar”, disse a âncora em um trecho da gravação. Em nota enviada à imprensa, a RecordTV limitou-se a informar que ela foi “demitida por questões profissionais”.

Mariana contou, na postagem, que uma das piores situações teria ocorrido em 4 de maio. Na ocasião, fotos dela – retiradas das redes sociais -, teriam sido mostradas em uma reunião com outros profissionais por serem consideradas “bonitas demais”.

“Mostraram que o nosso jornal perdeu audiência. Tentei argumentar que a culpa não é das pessoas. Na sequência colocaram fotos minhas de biquíni, gerando constrangimento, e disseram que eu tinha que transformar o meu perfil, ser outra pessoa, para recuperar o público”, explicou a jornalista.

A agora ex-apresentadora disse ainda que foi pressionada a mudar a imagem do perfil pessoal dela, no Instagram, inclusive recebendo exemplos de jornalistas de outras regiões. Assista ao vídeo:

Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018, 2019 e 2020, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, em 2019, e Sebrae de Jornalismo, em 2021.

Comentários