‘Que baixaria!’: Jornal matutino do SBT exibe flagra de sexo na praia e cena gera polêmica

jornal sbt
Com direito a trilha sonora e uma locução recheada de duplo sentido, a reportagem detalhes da intimidade de um casal na praia (Reprodução/SBT)

Uma cena um tanto inusitada que aconteceu na Praia do Arpoador, no Rio de Janeiro, acabou virando pauta do jornal matinal do SBT e chamou atenção nas redes sociais. Com direito a trilha sonora e uma locução recheada de duplo sentido, uma reportagem veiculada nessa quinta-feira (20) narra a intimidade de um casal flagrado fazendo sexo em cima de uma prancha de surfe, no meio do mar.

“Tem alguns que aproveitam mais a praia, né? Eu não sabia que tinha essa modalidade, pode isso, gente?! Rio 40 graus, praias lotadas e, nesse clima, teve gente que aproveitou a calmaria do mar e o balanço das ondas para dar aquela ‘namorada’”, anuncia a apresentadora do SBT Rio, Isabele Benito, em tom de ironia.

A reportagem começa mostrando a praia lotada e o Sol escaldante – algo já bastante habitual aos moradores da Cidade Maravilhosa. Mas o que era pra ser apenas o retrato de um dia comum no Rio de Janeiro acaba se tornando uma transmissão “sem filtros” de um casal fazendo sexo.

“E nesse calor dá um apetite, né? É o que o diga esse casal… Os dois aproveitaram a calmaria do mar para dar aquela namorada numa prancha de stand up paddle, bem longe da areia. Eles usaram o balanço das ondas para trocar muitos carinhos. O casal mostrou habilidade em cima da prancha”, disparou a jornalista.

‘Eu tô apavorada’

Embalada pelo hit “Como Uma Onda No Mar”, de Lulu Santos, a reportagem mostra toda a movimentação do casal em cima da prancha, em uma imagem borrada que preserva a identidade dos dois. A edição ainda intercala a cena com imagens do pôr do sol, dando todo um ar “cinematográfico” à cena.

Na mesma reportagem ainda é noticiado um arrastão que aconteceu na cidade e, pelas redes sociais, a abordagem causou espanto e foi alvo de muitos comentários. “Gente??? Eu tô apavorada do SBT estar transmitindo isso as 11h41 da manhã… que baixaria”, comentou uma pessoa.

“E isso foi no ar em TV aberta pleno horário de almoço!!!!!! A cara do privilegio hétero é esse vídeo aqui”, critica outro internauta, enquanto um terceiro brinca: “Na moral, que coisa linda, botaram o pôr de sol de fundo”. Veja a repercussão:

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários