Nego do Borel debocha da orelha de modelo e gera revolta na web: ‘Muito sem noção’

nego borel a fazenda
Cantor vem recebendo críticas nas redes sociais (Reprodução/Twitter)

A nova edição de A Fazenda mal começou e já tem participante sendo “cancelado”. O cantor Nego do Borel vem recebendo duras críticas na internet por conta de comentários feitos sobre o formato da orelha da modelo Dayane Mello. A fala do funkeiro deixou os peões visivelmente incomodados durante o café da manhã desta quarta-feira (15).

“Caraca tua orelha é uma mais aberta que a outra”, disse em tom de deboche. Os participantes que estavam próximos tentaram colocar ponto final na declaração do cantor. A ex-panicat Aline Mineiro foi uma delas. “Que isso, Nego?”, lamentou.

Nego do Borel continuou fazendo com que a situação constrangedora prosseguisse, mesmo com a modelo visivelmente constrangida com as declarações. “Papo reto, a orelha dela é uma mais aberta do que a outra. Olha reto aqui”, falou com Aline. Mais uma vez, a ex-panicat defendeu Dayane. “Que isso cara, ela é perfeita. Olha essa mulher”, disse.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rainha Matos (@rainhamatos)

‘Sem noção’

Nas redes sociais, internautas comentam a declaração do participante da 13ª edição de A Fazenda. Críticas estão sendo direcionadas ao cantor. “O Nego do Borel é muito sem noção”, “Eu já achava o Nego do Borel nojento. Agora então… Macho ridículo”, “Eu já tinha ranço do Nego do Borel e ele está ajudando ainda mais a piorar”, escreveram alguns.

Um outro usuário comentou sobre como deveria ser o comportamento do artista. “Uma dica pra vida: quando você perceber alguma coisa ‘diferente’ no corpo de alguém, não fale ou exponha pra um grupo desse jeito. As vezes isso é uma questão pra pessoa. Não faça igual o Nego do Borel com a Dayane. É desagradável”.

Edição: Giovanna Fávero
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários