PBH anuncia volta às aulas no ensino fundamental e amplia flexibilização de bares

Escola em BH
Aulas presenciais no ensino fundamental voltam no próximo dia 21 (Amanda Dias/BHAZ)

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) acaba de anunciar, na tarde desta quarta-feira (9) a retomada das atividades presenciais para as turmas do ensino fundamental ainda neste mês. Em entrevista coletiva, o prefeito também informou que, a partir deste fim de semana, bares e restaurantes vão poder funcionar até as 22h e afirmou que a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) está em negociação com o setor de eventos.

“As escolas, as infantis já abertas, e as fundamentais, como vamos vacinar professores, há um tempo para elas [as vacinas] fazerem efeito. A partir do dia 21, elas retornam a volta presencial dentro dos protocolos”, disse Kalil. O prefeito reforçou que “os números estão permitindo” todas as novidades anunciadas hoje.

Bares e restaurantes

Além das escolas, quem também teve o funcionamento estendido foram os bares e restaurantes. A partir deste domingo (13), conforme o prefeito, esses estabelecimentos poderão funcionar até as 22h todos os dias – três horas a mais do que o permitido atualmente.

Aos domingos, dias em que, atualmente, o funcionamento é proibido, os bares e restaurantes também vão poder funcionar, seguindo o mesmo horário dos demais dias. “E vamos fazer uma homenagem ao Dia dos Namorados, que os bares poderão ficar abertos no sábado, dia 12, somente neste dia, até 1h”, complementou Kalil.

‘Tentando dar uma puxada de saco’

Durante a entrevista, Kalil voltou a se desculpar com os setores prejudicados pelos fechamentos na capital e reforçou que as decisões foram tomadas com base nos números da pandemia. “Estamos flexibilizando justamente porque não achamos nada. Isso aqui não é uma prefeitura de achismos. O vírus está achando um inimigo, a vacina. A vacinação em BH vai bem, Graças a Deus não tivemos problemas”, pontuou.

“Temos números que são dados diariamente. Mais uma vez, eu me desculpo a todo o povo de BH, principalmente pessoal de bares e restaurantes. Estou tentando dar uma ‘puxada de saco’ neles para ver se eles melhoram a cara para mim”, concluiu.

A decisão da prefeitura veio após várias tentativas da Abrasel-MG (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Minas Gerais) de fazer com que o setor pudesse funcionar no mesmo horário dos demais comércios.

A proposta de mudança foi apresentada em reunião com a PBH no dia 31 de maio e contou com a presença de Kalil e secretários, conforme disse o presidente da Abrasel, Matheus Daniel. “Formalizamos o pedido para fracionar os horários de funcionamento. Quem serve almoço das 11h às 15h e para quem é da noite de 18h às 22h”.

Edição: Giovanna Fávero
Jordânia Andrade
Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.

Comentários