X
    Categorias: Minas Gerais

Homens são condenados a mais de 20 anos de prisão por estuprar adolescente; cunhado ordenou crime

Reprodução/StreetView

A 1ª Vara Criminal da comarca de Barbacena condenou dois homens pelo estupro de uma menor, bem como por subtrair pertences da vítima e do namorado dela. O primeiro deles foi condenado 26 anos e 6 meses de prisão e o segundo a 21 anos e 3 meses de prisão. Um terceiro envolvido, apontado como mandante do crime, foi condenado a 29 anos e 6 meses de reclusão.

Segundo a denúncia, o  irmão do namorado da vítima seria o mandante do crime executado pelos outros dois em janeiro de 2017. Consta no processo que a dupla foi à residência das vítimas, na zona rural de Santa Bárbara do Tugúrio. Quando os dois chegaram ao local, de posse de facões e um porrete de madeira, amarraram o namorado da menor, solicitaram dinheiro e bens e, em seguida, cortaram o cabelo da adolescente e praticaram atos libidinosos contra ela.

Os acusados levaram da residência cerca de R$ 340 em dinheiro, os aparelhos celulares das vítimas e duas facas. No momento da ação criminosa, os denunciados alertavam a vítima sobre a necessidade de ela ir embora da cidade, fixando prazo de três dias, com a promessa de fazer contra ela e sua família um mal maior.

A defesa do mandante buscou desacreditar a confissão dos réus que executaram o crime diante de divergências existentes entre elas. O magistrado entendeu que, embora haja versões um pouco diferentes quanto à prática do estupro, em relação ao acerto da prática criminosa em si é coerente a versão trazida aos autos.

O juiz Alexandre Verneque Soares, para decidir, argumentou que todo o conjunto de provas e indícios levam à conclusão de que o cunhado da vítima é o mentor intelectual do crime e que ele encomendou ambos os delitos.

Do TJMG