Home Notícias Minas Gerais Trabalhador morre atropelado após escapar de explosão e ajudar colegas na Usiminas

Trabalhador morre atropelado após escapar de explosão e ajudar colegas na Usiminas

A explosão do gasômetro da Usiminas, ocorrida nessa sexta-feira (10), em Ipatinga, no Vale do Aço, deixou 34 pessoas feridas. Todas as vítimas foram levadas para o Hospital Márcio Cunha após o acidente e receberam alta neste sábado (11). Nenhuma delas corria o risco de morrer. Um funcionário de uma empresa que presta serviços para a siderúrgica, no entanto, não teve a mesma sorte. Depois de ajudar colegas a deixarem o local, nos primeiros minutos de pânico, ele foi atropelado por um motorista com sintomas de embriaguez e não resistiu aos ferimentos.

De acordo com testemunhas, o trabalhador era encarregado de campo e tinha 37 anos. Ele deixou a Usiminas de bicicleta pela portaria 5, trajeto diferente do que era acostumado a fazer. A rota alternativa surgiu como uma opção por conta do trânsito interditado na portaria central.

+ ‘Tudo tremeu’, diz moradora sobre explosão de gasômetro na Usiminas

Alisson Sebastião Alves foi socorrido e levado para o mesmo hospital em que as vítimas da explosão estavam, o Márcio Cunha. Ele recebeu atendimento médico, mas não resistiu. O homem era casado e deixa duas filhas, uma de 9 e a outra de 4 anos. O condutor do carro responsável pelo atropelamento tentou fugir, mas foi preso momentos depois por policiais militares.

Um amigo de Alves, Hugo Alexandre de Oliveira, de 31 anos, conversou com o Bhaz neste sábado (11). Coordenador de operações, ele ainda estava bastante abalado pela morte do colega. “Trabalhamos juntos por 10 anos, 2 meses e 7 dias. O Alisson foi liberado assim como os outros depois da correria e pegou a bicicleta para ir para casa como sempre fazia”, disse. “Ele foi atropelado perto do colégio Filbonacci”, contou entre lágrimas. “Ele era um cara que era impossível não gostar dele. Correto, justo, que amava a família e o trabalho. Também era muito temente a Deus e acreditava que as coisas sempre iriam melhorar”, disse emocionado.

+ Explosão na Usiminas causa pânico, quebra janelas e mobiliza bombeiros

O velório do encarregado deve ocorrer ainda neste sábado e não há, por enquanto, informações a respeito do enterro. A Usiminas confirmou, por meio de nota, que Alisson era funcionário da prestadora de serviços Elba. Veja a nota abaixo na íntegra.

“A Usiminas informa que lamentavelmente houve um acidente de trânsito fatal na cidade de Ipatinga, ontem, por volta das 15h, envolvendo Alison Sebastião Alves, funcionário da empresa Elba, contratada da Usiminas. Conforme informações encaminhadas à empresa, Alison estava em uma bicicleta quando foi atingido por um veículo, vindo a falecer”.

Roberth Costa

Roberth Costa é publicitário, repórter e editor no Bhaz.

Comentários