Home Notícias BH Teve o celular levado na Parada do Orgulho LGBT de BH? Saiba como proceder

Teve o celular levado na Parada do Orgulho LGBT de BH? Saiba como proceder

Quem teve o aparelho celular furtado ou roubado nesse domingo (14), durante a 22ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte, deverá procurar, a partir de quinta-feira, dia 18, a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), localizada na Rua Ouro Preto, 1.050, no Barro Preto.

De acordo com a PCMG, o prazo até quinta-feira é necessário porque os investigadores estão fazendo uma conferência minuciosa nos 170 aparelhos, comparando o IMEI dos celulares com os IMEIS relatados nos boletins de ocorrência.

É importante que a pessoa leve a nota fiscal ou a caixa do aparelho onde conste o número IMEI, que será conferido no ato da restituição. A PCMG enfatizou que essa metodologia é necessária, porque a maioria dos aparelhos conferidos até agora foram resetados.

A 22ª Parada do Orgulho LGBT de Belo Horizonte teve início na manhã de domingo na Praça da Estação, no Centro da cidade, e uma marcha saiu em direção até a Praça Raul Soares, no Barro Preto.

De acordo com a Polícia Militar nesta segunda-feira (15), foram apreendidos ao menos 172 aparelhos celulares furtados ou roubados por diferentes quadrilhas que atuaram durante o evento.

+ PM prende 26 pessoas e recupera 170 aparelhos celulares furtados na Parada LGBT, em BH

O 1º Batalhão da PM, que cuida da região onde ocorreu o evento, esclareceu que os dados ainda estão sendo processados, “uma vez que ainda há vítimas buscando o registro das ocorrências em diversas unidades policiais”.

Cbloc

Minas Gerais conta com um sistema de bloqueio/desbloqueio de celular online. A Central de Bloqueio de Celulares do Estado de Minas Gerais (Cbloc) é uma plataforma em que o usuário solicita o bloqueio do aparelho de forma simples e segura.

Além de garantir que quem cometeu o crime não utilizará seu aparelho – acessando informações pessoais como mensagens de texto, caminhos diários salvos em aplicativos com GPS, você exerce sua cidadania e contribui para a redução das ocorrências com os celulares em Minas.

“Com aparelhos inutilizados e sem possibilidade de ativação em nenhuma operadora, o dispositivo perde valor de mercado no mundo no crime. Vale ressaltar que apenas o aparelho celular será bloqueado por esta Central. Para bloqueio da linha, o usuário precisa fazer contato com a operadora de celular” diz texto da própria plataforma, que pode ser acessada por aqui.

O que é o IMEI?

Cada celular tem um número de identificação único e global, chamado de IMEI (International Mobile Equipment Identity). Fazendo uma analogia, o IMEI equivale ao número de chassis de um carro, ou seja, é único para cada aparelho celular. O IMEI é formado por quatro grupos de números: 000000-00-000000-0.

Serviço

Onde procurar celular que foi levado durante a Parada LGBT-BH

Quando? A partir de quinta-feira, 18 de julho

Onde? 4ª Delegacia de Polícia Civil de Minas Gerais – Rua Ouro Preto, 1.050, Barro Preto

O que levar? Documento pessoal e nota fiscal do celular com o IMEI

Comentários