Home NotíciasPolíticaApós discurso, Bolsonaro se reúne com governadores e vê petição pedindo sua saída disparar

Após discurso, Bolsonaro se reúne com governadores e vê petição pedindo sua saída disparar

zema bolsonaro governadores

Após pronunciamento considerado irresponsável por órgãos de saúde de todo o mundo (leia mais aqui), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), se reuniu nesta quarta-feira (25) com governadores da região Sudeste, incluindo o mandatário de Minas, Romeu Zema (Novo). Bolsonaro vê, ainda, uma petição pedindo seu impeachment aumento o número de apoio e ultrapassar as 500 mil assinaturas.

O documento online (pode ser acessado aqui) foi criado pela deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL). A ideia da parlamentar é que a petição tenha um milhão de assinaturas para, em seguida, ser apresentada no Congresso Nacional.

Leia mais: Onyx admite caixa dois da JBS e pagará R$ 189 mil para encerrar investigação

O pedido para a saída do mandatário ganhou força nesta quarta-feira (25) após o pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional na noite de ontem. O presidente da República atacou as medidas de contenção do novo coronavírus e chegou a pedir, inclusive, o fim do isolamento social para pessoas com idade inferior a 60 anos.

+ Bolsonaro contraria órgãos de saúde, ataca medidas contra Covid-19 e é duramente criticado

Políticos como Luciana Genro e o deputado federal David Miranda (PSOL) também assinaram o documento. Conforme o texto, Bolsonaro tem agido de maneira “criminosa” com relação ao novo coronavírus. “Além de cometer crimes de responsabilidade desde o primeiro dia em que pisou no Palácio do Planalto, o presidente, agora, atua de forma irresponsável e criminosa durante a crise do coronavírus”, diz o texto.

Leia mais: Zema diz que nunca escondeu dados da Covid-19 em Minas

Reunião com governadores

Em meio a duras críticas que se intensificaram logo após o pronunciamento, Bolsonaro resolveu se reunir na manhã desta quarta-feira com os governadores da região Sudeste. No discuros, o presidente criticou os mandatários estaduais por causa do isolamento social.

Os governadores, até o momento, não indicaram que vão alterar a estratégia para conter no novo coronavírus. Ao contrário, fizeram publicações contestando o posicionamento de Bolsonaro.

Zema, por exemplo, fez uma publicação enaltecendo os profissionais de saúde e escreveu a hashtag FiqueEmCasa. “Meu aplauso hoje é para os profissionais da saúde, que atuam no combate à Covid-19. Nós agradecemos a dedicação! Eles estão trabalhando por você, se proteja, projeta seus familiares e os familiares deles #FiqueEmCasa“, disse, em trechos da publicação.

Aline Diniz

Aline Diniz

Editora do BHAZ desde janeiro de 2020. Jornalista diplomada pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) há 10 anos e com experiência focada principalmente na editoria de Cidades, incluindo atuação nas coberturas das tragédias da Vale em Brumadinho e Mariana. Já teve passagens por assessorias de imprensa, rádio e portais.

Comentários