Pesquisar
Close this search box.

Abalô-caxi, Beiço do Wando, PPK, Baianeiros, Queixinho, Angola: Veja fotos exclusivas do Carnaval de BH

Por

O BHAZ segue por ar e terra na cobertura do Carnaval de BH 2024. Neste domingo (11), equipes acompanharam blocos nos quatro cantos da capital mineira, pra trazer pra você tudo o que rola na folia na cidade. Quer conferir fotos exclusivas? Então vem com a gente!

Clique no título com o nome de cada bloco para ver as imagens feitas pela equipe do BHAZ.

Abalô-caxi

O desfile do Abalô-caxi tomou o Centro de BH nesta manhã. Ao som da Tropicália, o bloco inundou a avenida Amazonas com milhares de foliões em um ambiente de acolhimento e defesa de pautas LGBTQIAPN+. “Amor por princípio” é o tema deste ano. Chama atenção a escolha do bloco pelo destaque às cores verde e amarelo, como uma simbologia de retomada de símbolos nacionais.

Beiço do Wando

O bloco Beijo do Wando, em homenagem ao saudoso embaixador do brega, levou emoção e afinação à avenida Brasil, no bairro Funcionários. A filha e a viúva do cantor estiveram presentes no bloco, que teve som à capela e até pedido de casamento.

Pena de Pavão de Krishna

O bloco mais zen de BH espalhou energias positivas pelas ruas do bairro União, região Leste da capital mineira. Teve Om, incenso, ala de dança em harmonia e, lógico, axé.

Baianeiros

O bloco Baianeiros caiu na folia no bairro Castelo. Com direito à presença das Branquelas, a bateria embalou uma leva de foliões.

Angola Janga

Nem tudo são brilhos no Carnaval de BH, e, cada vez mais, há a necessidade de afirmar as raízes da folia e combater toda forma de racismo. O bloco Angola Janga surgiu dessa demanda e se firmou como um espaço seguro para negros manifestarem sua ancestralidade, preservados do embranquecimento de blocos.

O bloco desfilou na avenida Amazonas, levando axé music, funk, passando pelo pop afro com muita ancestralidade, ao som da bateria ao vivo.

Sinara Peixoto

Formada em Comunicação Social com Ênfase em Jornalismo no Centro Universitário de Belo Horizonte e com pós-graduação na PUC Minas em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa. Atuou como editora na CNN Brasil, desde a estreia do veículo no país, e na edição do Portal BHAZ. Também despenhou várias funções ao longo de 7 anos na TV Record Minas, onde entrou como estagiária.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ