Arnaldo Antunes vem ao Palácio das Artes em agosto para concerto com a Orquestra Opus

arnaldo-antunes
Sucessos de Arnaldo Antunes ganharão novos arranjos feitos pela Orquestra Opus (Divulgação/Fernando Laszlo)

A Orquestra Opus trará a Belo Horizonte o cantor e compositor Arnaldo Antunes, para apresentarem juntos os grandes sucessos da carreira do artista. Marcada para 11 de agosto, a apresentação será no Palácio das Artes, Centro. Os ingressos já estão disponíveis no site da Eventim, a partir de R$ 40 (meia-entrada).

Esse será o primeiro show de Arnaldo com a Orquestra Opus, em que ele cantará sucessos desde os tempos de Titãs, passando pelos Tribalistas até a carreira solo. O concerto apresentará arranjos inéditos e exclusivos do maestro Leonardo Cunha em músicas como “O Pulso”, “Comida”, e “Não Vou Me Adaptar”.

O cantor tem grande presença na música popular brasileira e já compôs músicas emblemáticas do rock nacional junto com os Titãs. Ao lado de Carlinhos Brown e Marisa Monte, Arnaldo Antunes integra o grupo Tribalistas.

Multitalentos

Vários trabalhos do artista ao lado de outros parceiros se tornaram sucesso em rádios e novelas. Além de cantar e compor, Arnaldo também é poeta, artista visual, performer e escritor, tendo publicado mais de 20 livros. Para o maestro Leonardo Cunha, a pluralidade artística do cantor será essencial para o concerto:

“A diversidade na arte de Arnaldo Antunes enriquece suas apresentações com modos de expressão variados para canções cheias de poesia. Será uma honra dividirmos o palco pela primeira vez  e executar música de concerto através de canções do Arnaldo tão populares”, afirma o maestro.

Além das músicas já citadas, “A Casa É Sua”, “Socorro”, “Lágrimas no Mar”, “Alta Noite”, “Contato Imediato”, “Envelhecer”, “Saiba”, “Velha Infância”, “Vilarejo” e “Passe em Casa” também farão parte do repertório do show.

Sobre a Orquestra Opus

Com 15 anos de fundação, a Orquestra Opus realizou mais de 200 espetáculos por oito estados brasileiros, em que pôde fomentar a música orquestral, motivo que levou à criação do projeto “Orquestrando Brasil”, iniciado em 2006.

Além desses concertos, que buscam democratizar a música de concerto com uma comunicação mais próxima do público, a Orquestra Opus começou a convidar artistas da MPB para realizar o projeto “Orquestra OPUS convida”.

Dentro desse projeto, já realizou espetáculos com Milton Nascimento, Daniela Mercury, Ana Carolina, Fafá de Belém, Guilherme Arantes, Leo Jaime, Flávio Venturini, Sá & Guarabyra, Maria Gadú, Dado Villa-Lobos, Derico Sciotti, Sandra de Sá e Nando Reis, o que deu uma notoriedade e experiência nessa mistura de música popular com música erudita.

Orquestra Opus (Divulgação/Naiara Napoli)

Anota aí:

Orquestra Opus convida Arnaldo Antunes

Data: 11 de agosto

Horário: 20h30

Local: Grande Teatro Cemig Palácio das Artes | Av. Afonso Pena, 1537, Centro – Belo Horizonte 

Ingressos: https://fcs.mg.gov.br/eventos/orquestra-opus-convida-arnaldo-antunes/

Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários