Pesquisar
Close this search box.

Minas pelo Rio Grande do Sul: Lô Borges, Rogério Flausino e outros fazem show beneficente em BH

Por

A solidariedade sobe no palco do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, em maio. No próximo dia 30, ícones da música mineira estarão reunidos no Festival Minas Pelo Rio Grande do Sul, cuja renda dos ingressos será destinada aos atingidos pela catástrofe no Sul do Brasil. A line up do evento traz nomes do Clube da Esquina, como Lô Borges e Cláudio Venturini, os irmãos Rogério Flausino e Wilson Sideral, entre outros.

“Não poderíamos fechar os olhos para uma tragédia como a que acomete o Rio Grande do Sul”, detaca Rafael Lacerda, idealizador do Festival. “Vamos utilizar a arte e a música para gerar recursos necessários para a reconstrução de vidas e histórias”, complementa.

Beneficente, a programação do festival forma uma verdadeira corrente do bem. Além dos nomes já citados, a agenda traz apresentações de Toninho Horta, Paula Santoro, Lelo Zanetti, Aline Calixto, Podé, Telo Borges, Chico Amaral, Tadeu Franco, Bárbara Barcellos & Manacá da Serra e Felipe Bedetti. As atrações serão acompanhadas pela banda formada por Rodrigo Borges, Ian Guedes, Adriano Campagnani e Christiano Caldas.

Os ingressos para o Festival Minas Pelo Rio Grande do Sul já estão à venda pelo Eventim. Os preços variam entre R$ 95 (meia-entrada) e R$ 190 (inteira). Todo o valor arrecadado será destinado às famílias atingidas pela tragédia climática.

Boletim

Até a manhã desta terça-feira (21), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul confirmava 161 mortes em consequências dos temporais no estado. Outras 85 continuavam desaparecidas, e o número de feridos chegava a 806.

O número de pessoas fora das próprias residências devido às cheias dos rios já ultrapassou 654,1 mil, sendo 581.633 desalojados, que são aqueles que tiveram de sair de seus lares e estão acolhidos em casas de familiares, amigos ou conhecidos.

O restante, de acordo com o monitoramento atualizado diariamente pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Rio Grande do Sul (72.561 pessoas), vive temporariamente em um dos mais de 875 abrigos cadastrados no estado.

Como ajudar?

O governo do Rio Grande do Sul reativou a chave Pix para doações em dinheiro para ajudar as vítimas de enchentes no estado. A conta bancária nomeada como SOS Rio Grande do Sul, aberta no Banrisul, receberá os valores pelo Pix do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) número 92.958.800/0001-38. As contribuições em dinheiro podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas.

Nesse canal oficial de doações, os recursos serão revertidos para o apoio humanitário às vítimas das enchentes e para a reconstrução da infraestrutura das cidades. A gestão e fiscalização dos recursos doados ficarão a cargo de um Comitê Gestor, presidido pela Secretaria da Casa Civil do estado e auditado por representantes do poder público local e de entidades de assistência social.

Dados para doação:
Conta SOS Rio Grande do Sul
Chave Pix – CNPJ 92958800/000138
Banrisul

Thiago Cândido

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais. Colunista no programa Agenda da Rede Minas de Televisão. Estagiário do BHAZ desde setembro de 2023.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ