Concurso tem prêmios de até 5 mil a melhores fotos de Ipê Rosa em Belo Horizonte

Além do prêmio em dinheiro, a foto será publicada em um livro de arte
Além do prêmio em dinheiro, a foto será publicada em um livro de arte (Amanda Dias/Arquivo BHAZ)

Quem caminha pelas ruas de Belo Horizonte já percebeu a nova cor que a cidade assumiu com a chegada do inverno e a florada do Ipê. Com o frio, a temporada das flores rosas aparece na paisagem da capital mineira.

Para incentivar o compartilhamento de fotos desse presente da natureza, um concurso premiará o primeiro lugar com R$5 mil, além de destaque na publicação da imagem em um livro de arte.

A disputa também celebra os 10 anos de fundação de sua organizadora, a Certmidia, empresa mineira de certificação digital. O concurso cultural de fotografia, com o tema  “Os Mais Belos Ipês Rosas de Beagá”, tem inscrições abertas até o dia 31 de julho, por meio do site oficial.

Além da premiação de R$ 5 mil para  a melhor foto, os segundos e terceiros colocados vão receber R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente. As melhores fotografias também estarão em um livro de arte que a Editora Ramalhete desenvolverá.

O idealizador do concurso e CEO da Certmidia, Rodrigo Lamounier, conta que o hábito de percorrer a cidade a pé desde a infância o fez observar e contemplar a beleza da florada dos ipês rosas.

“Se a florada das cerejeiras é tão especial para Tóquio e Nova Iorque, por que não a florada do ipê rosa ser igualmente especial para BH?”, reflete . Foi desse questionamento que surgiu a ideia de realizar um livro fotográfico de arte para exaltar a florada do ipê rosa em Belo Horizonte.

Concurso

O concurso cultural é aberto a todas as pessoas maiores de 18 anos. As imagens enviadas devem mostrar a florada do ipê rosa ou roxo em qualquer ponto da cidade, conforme o regulamento do concurso. Cada participante poderá enviar até cinco fotografias. O cadastro é gratuito e deve ser feito na página do concurso, onde o regulamento também está localiza. 

As fotos podem ser produzidas por todo tipo de equipamento: profissional, celular, máquina digital e analógica, no último caso, a imagem precisa ser digitalizada para envio.

Os organizadores alertam que para aumentar as chances de estar entre as vencedoras do concurso, ou de ter a foto publicada no livro com os devidos créditos de autoria, a boa resolução será um dos critérios de avaliação, além da qualidade estética, criatividade e originalidade e composição artística da foto em relação ao tema.

É recomendável compartilhar as fotos no Instagram, com a hashtag #ipesrosasbh, já que o júri pode levar em consideração a popularidade das imagens.

Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários