Dia Livre de Impostos: Economize R$ 85 na gasolina e pague mais barato em colchões, remédios e mais nesta quinta

Dinheiro
Data promove a venda dos itens sem a incidência das taxas (Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Nesta quinta-feira (2), o Dia Livre de Impostos (DLI) chega a BH com preços mais baixos de gasolina, gás de cozinha, medicamentos e outros produtos comercializados em diferentes estabelecimentos ao redor da cidade. A data promove a venda dos itens sem a incidência das taxas, com o objetivo de conscientizar a população sobre a carga tributária do país.

A ação, realizada em todo o território nacional, nasceu na capital mineira, por iniciativa da CDL/BH (Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte) e da CDL Jovem de BH. As entidades já haviam divulgado os preços que serão praticados na venda da gasolina, do gás de cozinha, dos cosméticos, medicamentos e produtos de higiene.

Já nesta terça-feira (31), a CDL/BH informou que o músculo bovino, colchões, e utensílios domésticos, como talheres, louças e vasilhas, também serão vendidos sem a incidência das taxas no Dia Livre de Impostos em BH.

Confira os preços que poderão ser aproveitados nesta quinta-feira:

Gasolina

O Posto Pica-Pau, no Barro Preto, aderiu à campanha e vai vender a gasolina comum sem o valor dos impostos incidentes, limitado a 5 mil litros. No dia 2 de junho, o motorista de carro que abastecer R$ 235 irá pagar R$ 150, o valor corresponde a 30,93 litros.

Já os motociclistas que abastecerem R$ 78,35, vão desembolsar R$ 50, que corresponde a 10,31 litros. Com o valor pago sem os tributos, cada motorista estará economizando R$ 85 por abastecimento, e o motociclista deixa de desembolsar R$ 28,35.

Para abastecer com o preço mais baixo, é necessário respeitar a ordem de chegada na fila e a sequência de senhas, que serão distribuídas a partir das 8h do dia 2 de junho, no próprio estabelecimento, para quem estiver com o veículo na fila. O abastecimento começa às 10h e o pagamento será feito obrigatoriamente em dinheiro. O posto fica na avenida do Contorno, número 10.325.

Gás de cozinha

Ainda no DLI, o botijão do gás de cozinha será vendido a R$ 89,90, sendo que o preço atual, com o imposto, é de R$ 109,65. A venda será na distribuidora Amigão Gás, bairro Jardim América. Serão comercializadas 200 unidades, limitada a uma por pessoa.

A compra será por ordem de chegada e com distribuição de senhas, e o pagamento pode ser feito em dinheiro ou Pix. As senhas começam a ser distribuídas às 7h e a venda tem início às 8h. A Amigão Gás fica na Rua Estrada do Cercadinho, número 1.315.

Cosméticos, medicamentos e higiene

Todas as 31 lojas da Droga Clara em BH vão participar do DLI. A rede adere ao movimento desde a primeira edição e, neste ano, vai ofertar produtos com redução de até 30% no valor final.

A Drogaria Araujo é outra que vai reduzir os preços no dia 2 de junho. A rede irá comercializar medicamentos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e diversos outros itens sem o valor dos tributos, que representam 35% do valor praticado. Ao todo, serão 290 lojas em Belo Horizonte, região metropolitana e interior de Minas Gerais.

A ação é válida para todas as lojas, aplicativo, site Araujo e também via Drogatel, pelo 3270-5000. Além da entrega em todo o Brasil nas compras pelo site e aplicativo, o cliente poderá optar pelo Clique Retire – que permite a retirada do produto na loja mais perto, sem passar pelo caixa, sem filas e sem frete.

Músculo bovino

Na Feira dos Produtores, três açougues vão participar do Dia Livre de Impostos de BH, vendendo músculo bovino sem a incidência da taxa. De acordo com a CDL, o corte da carne tem sido vendido a um preço médio
de R$ 39,90. A Feira dos Produtores fica na avenida Cristiano Machado, 1950, Cidade Nova.

O açougue Diamantina, que costuma vender o músculo por R$ 38,99, vai vendê-lo a R$23,39 nesta quinta-feira. Ao todo, o estabelecimento vai comercializar 200 kg da carne, limitados a 2 kg por cliente. As formas de pagamento são dinheiro, Pix e cartões de crédito e débito.

Na Conde Carnes, que vende o músculo por R$ 39,99, ele sairá a R$ 24,99. Serão comercializados 100 kg, sem limite de compra por cliente e enquanto durar o estoque. O açougue aceita dinheiro e cartões de crédito e débito.

Na Kenned Carnes, o corte costuma sair por R$ 41,99, e estará disponível por R$ 24,99 no Dia Livre de Impostos. O estabelecimento vai liberar 40 kg do músculo bovino, sem limite de compra por cliente e enquanto durar o estoque, e aceita dinheiro e cartões de crédito e débito.

Colchões

Três empresas de venda de colchão também vão aderir ao Dia Livre de Impostos em BH. Nas lojas Orthocrin, as unidades participantes são Castelo, Minas Shopping, Raja Gabaglia e Jaraguá/Aeroporto.

A Getsemani Colchões, licenciada Orthocrin, também adere à iniciativa. A loja fica na avenida General Carlos Guedes, 190, Planalto. O outro estabelecimento que vai vender colchões sem a incidência das taxas é a Delar Móveis, unidade Horto, na avenida Silviano Brandão, 2274, Horto.

Utilidades domésticas

O DLI também vale para quem deseja comprar utilidades domésticas, como talheres, louças, vasilhas e
outros itens. Atualmente, a carga tributária desses itens varia entre 35,0% e 45,0%, segundo o Impostômetro.
Confira as lojas que vão retirar a incidência da taxa:

  • Leugim Magazine – Rua Padre Pedro Pinto, 808 – Venda Nova
  • Trem de Casa Utilidades – Avenida Francisco Sá, 214 – Prado
  • Disarah Interiores – Avenida Silviano Brandão, 1109ª- Sagrada Família

Dia Livre de Impostos

De acordo com o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, o Dia Livre de Impostos tem como objetivo conscientizar a população sobre a alta carga tributária paga em produtos do cotidiano, além de “desmistificar a ideia de que os lojistas e empresários são os responsáveis por definirem os preços de produtos e serviços”

“Se nossa tributação fosse mais amena, o poder de compra dos consumidores seria melhor, assim como o varejo e a economia. Apesar de ser pago normalmente pelas empresas que participam da ação, o valor dos impostos não será repassado ao consumidor final”, completa.

Mais informações e outras oportunidades de preços mais baixos podem ser acessadas neste link.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários