Moradores de loteamento em BH denunciam ‘milicianos’ e protestam por fim de ameaças e a ‘abuso de autoridade’

protesto
Moradores de loteamento incendiaram pneus durante protesto (Mateus Felipe/BHAZ)

Moradores de uma ocupação formada no loteamento Novo Rumo, em Belo Horizonte, se reuniram em manifestação na noite desta sexta-feira (5) na MG-20, no sentido para Santa Luzia. Com faixas em mãos, eles denunciam represálias sofridas por parte de um grupo o qual chamam de “milicianos”, e se mobilizam pelo fim “de ameaças” e “abuso de autoridade”.

Imagens registradas no local da manifestação mostram que pneus foram queimados em parte da via, e que policiais militares acompanharam o ato de perto. Segundo moradores, a ocupação existe há 1 ano e oito meses, mas o grupo de homens que denunciam tenta retirá-los da área sob ameaças e violência.

“Não ao abuso de poder, a desonestidade, as ameaças! A ocupação é nossa casa”, estampava uma das faixas. “Os moradores são do bem”, dizia outro trecho de uma delas.

Pelo menos 50 pessoas se reuniram no protesto, que ocorreu de forma pacífica na avenida Risoleta Neves, altura do bairro Ribeiro de Abreu. No local, os manifestantes explicaram que contavam com a presença da imprensa para remover os pneus em chamas da via. Depois de cerca de três horas o trecho foi liberado.

O BHAZ procurou a PM, mas não conseguiu contato.

Edição: Roberth Costa
Mateus Felipemateus.felipe@bhaz.com.br

Graduando em Jornalismo pelo Centro Universitário Internacional UNINTER.

Comentários