‘Afonso Pena 1050’: Projeto transforma Othon Palace em prédio misto aberto ao público

fachada do afonso pena 1050 prédio othon palace bh
Prédio que abriga Othon Palace em BH se transformará em Afonso Pena 1050 (Divulgação)

O mistério acabou! O prédio que abrigou o Othon Palace Hotel, no Centro de BH será reconfigurado. “Afonso Pena 1050” é o nome do novo empreendimento, que vai receber um conceito diferente de ocupação com apartamentos, quartos de hotel, flats e áreas abertas ao público.

Quem tem passado em frente ao prédio desde o fim de semana tem notado que o local está com tampumes informativos. Na tarde desta segunda-feira (20), foi anunciado que o edifício ganhará uma nova identidade, de olho no futuro e na inclusão.

O projeto leva em consideração as necessidades atuais e das pessoas dentro das grandes cidades. Além disso, está em sintonia com o processo de reorganização urbana que Belo Horizonte tem desenvolvido nos últimos meses.

O que vai acontecer?

O edifício passará por um retrofit, que é um processo de restauração de prédios antigos que preserva a arquitetura original e os regulariza conforme a legislação vigente. A reforma inclui a remodelação das partes internas e a recuperação do mobiliário.

Com isso, o empreendimento se transformará em um prédio de uso misto. Dos 19 pavimentos que antes eram destinados a quartos de hotel, alguns deles serão transformados em apartamentos de 1, 2 e 3 dormitórios, flats e o restante será mantido como quartos de hotel.

As áreas comuns, por sua vez, ficarão abertas ao público com opções comerciais como bar, restaurante, coworking, espaços para eventos, rooftop com piscina, entre outros.

As mentes responsáveis

A Play Arquitetura, em parceria com a Ar.Lo Arquitetos assina o projeto do Afonso Pena 1050. Marcelo Alvarenga, da Play Arquitetura, parte do princípio de “que o melhor lugar pra se viver é exatamente aquele onde a vida privada, a vida social e pública se misturam e se autoalimentam”.

“Além disto devemos considerar um outro fator que consolida um bom desenvolvimento urbano: o equilíbrio entre modernização e conservação; a importância da memória como criadora de laços simbólicos e de cidadania”, complementa.

Quanto ao paisagismo, o projeto seguirá a conexão com a natureza inspirada na vista para o Parque Municipal de qualquer uma das janelas do edifício.

Lobby do projeto do Afonso Pena 1050 (Divulgação)

“Um grande desafio deste projeto de retrofit foi criar uma distribuição equilibrada e atrativa de seus usos, tirando o máximo proveito do potencial dos pavimentos, tanto dos pavimentos tipo, destinados ao uso residencial e de hotelaria, como dos pavimentos  diferenciados – como o terceiro, o quarto e o último – que receberão áreas comerciais”, diz Marcelo.

As obras começarão após aprovação do projeto e trâmites legais junto aos órgãos responsáveis. A expectativa é de que o Afonso Pena 1050 fique pronto em cerca de um ano. Um site com todas as informações sobre o projeto será disponibilizado em breve.

Andreza Miranda[email protected]

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!