Irmãos amarram pai em árvore e o agridem até a morte após desconfiarem de assassinato da mãe

irmaos matam pai
Irmãos foram presos em flagrante após matarem o pai (Reprodução/TV Anhanguera)

Dois irmãos, um de 26 e o outro de 28 anos, amarraram o próprio pai em uma árvore e o mataram a pauladas em Caldas Novas (GO), nessa terça-feira (25). A dupla teria desconfiado que o homem de 54 anos matou a mãe deles, de 47, que desapareceu na segunda-feira (24). A Polícia Civil prendeu os irmãos em flagrante.

Segundo as informações preliminares da Polícia Civil, o homem e a mulher eram casados e estariam tendo problemas conjugais. A corporação tomou conhecimento do desaparecimento de uma pessoa, seguido de homicídio, nessa segunda-feira (24), e começou a investigação.

De acordo com as informações, o homem teria saído junto com a mulher na mesma data. No período da noite, a família procurou a delegacia para comunicar o desaparecimento da mulher. Nesse intervalo, os parentes, incluindo os dois filhos do casal, começaram a procurá-la.

Filhos amarram pai em árvore

Os irmãos encontraram o carro do pai próximo a uma pista de aeromodelismo, na zona rural de Caldas Novas, e levaram o veículo para a chácara do homem, por volta das 2h de ontem (25). No local, eles encontraram o mais velho saindo do mato, nu.

Conforme informado pela Polícia Civil, os três teriam entrado em luta corporal, e os filhos dominaram o pai e o amarram em uma árvore. Então eles começaram a agredir fisicamente o mais velho com pedaços de pau. Enquanto agrediam o pai, os rapazes questionavam sobre o paradeiro da mãe.

Em certo momento, os irmãos teriam jogado óleo diesel no corpo do pai, não conseguindo incendiá-lo. O homem morreu no local, e os rapazes fugiram. Depois disso, a Polícia Militar encontrou o corpo da mãe desaparecida, na zona rural de Caldas Novas, próximo a uma ponte.

Prisão em flagrante e morte da mãe

O GIH (Grupo de Investigação de Homicídios) conseguiu prender os irmãos em flagrante, e eles estão sendo investigados por homicídio qualificado por meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Segundo a Polícia Civil de Goiás informou ao BHAZ, o corpo da mulher passou por perícia, uma vez que houve morte violenta. A corporação constatou que o homem de fato matou a mãe dos rapazes, e o crime está sendo esclarecido na investigação. “Os irmãos foram interrogados no auto de prisão em flagrante”, disse a polícia.

A motivação do crime por parte dos irmãos “está sendo esclarecida, mas tem relação com o fato do pai ter matado a mãe”, informou a Polícia Civil. A instituição ainda acrescentou que ambos tinham passagem na polícia, “um por tráfico de drogas e outro por homicídio”.

Com Polícia Civil

Edição: Giovanna Fávero
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários