Pesquisar
Close this search box.

Brasil vence disputa e será sede da Copa do Mundo Feminina de 2027

Por

Por ser a anfitriã, a Seleção Brasileira já está classificada. A 10 ª edição da Copa do Mundo Feminina terá 32 países e será disputada em dez cidades (Divulgação/CBF)

O Brasil venceu a concorrência europeia e foi escolhido, na madrugada desta sexta-feira (17), para receber a Copa do Mundo Feminina de 2027. É a primeira vez que o país sedia o Mundial Feminino. O Brasil obteve 119 votos na eleição. A candidatura tripla formada por Alemanha, Holanda e Bélgica conseguiu 78 votos.

Essa também será a primeira Copa Feminina na América do Sul. O Brasil sediou o Mundial masculino de 1950 e o de 2014.

Por ser a anfitriã, a Seleção Brasileira já está classificada. A 10 ª edição da Copa do Mundo Feminina terá 32 países e será disputada em dez cidades.

Em Bangkok, integraram a comitiva brasileira o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o ministro do Esporte, André Fufuca, Aline Pellegrino (vice-campeã mundial em 20027 e gerente de Competições Femininas da CBF), Kerolin (atacante da Seleção Brasileira), Formiga (única atleta a disputar sete Copas do Mundo da FIFA), as consultoras Valesca Araújo, Jacqueline Barros, Manuela Biz e o consultor Ricardo Trade.

Vitória por 41 votos de diferença

Segundo a CBF, pela primeira vez na história, a escolha da sede foi realizada da forma mais democrática. Todas as mais de 200 federações nacionais tiveram direito a participar da eleição eletrônica. Até então, a decisão era tomada apenas por 36 integrantes do antigo Comitê Executivo. Na Tailândia, 207 países votaram nesta sexta-feira. Apenas os quatro países candidatos não votaram.

Brasil obteve a melhor nota na avaliação da Fifa

Antes da eleição, o Brasil obteve a melhor nota na avaliação dos técnicos da Fifa, em fevereiro. O país teve nota 4 enquanto a candidatura adversária atingiu a pontuação de 3,7. A nota máxima era 5.

No relatório de quase 100 páginas, divulgado no início do mês, os integrantes da delegação da Fifa que inspecionou o Brasil elogiaram os estádios escolhidos pelo Brasil para sediar o evento e destacaram o potencial comercial do país.

O levantamento avalia critérios como infraestrutura, serviços, aspectos comerciais, sustentabilidade e direitos humanos.

Redação BHAZ

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ