Galo Doido é suspenso de jogo do Atlético após ‘peitar’ jogadores do Cruzeiro em comemoração

galo doido
Mascote do Atlético encarou jogadores rivais durante comemoração de gol (Reprodução/@LucasTanaka/Twitter)

O Galo Doido, mascote do Atlético, foi proibido de estar no próximo jogo do clube, contra a Caldense, no dia 19 deste mês. A suspensão foi publicada pela FMF (Federação Mineira de Futebol) nesta terça-feira (8) e veio após o mascote do time “peitar” jogadores do Cruzeiro durante a comemoração de um gol no clássico do último domingo (6).

Em ofício publicado hoje, a entidade aponta “comportamento inadequado” do mascote na partida contra o Cruzeiro e argumenta que “nos termos do Protocolo de Campo do Campeonato Mineiro, os mascotes das equipes mandantes podem permanecer atrás dos gols durante a partida”. O documento ressalta que é “proibido qualquer tipo de interação com jogadores e comissão técnica”.

“Considerando que, na partida entre as equipes Clube Atlético Mineiro e Cruzeiro Esporte Clube, realizada no dia 6, o mascote Galo Doido, após o gol do Cruzeiro, correu na direção dos jogadores da equipe adversária, fazendo gestos de forma intimidatória”, ressalta outro trecho da decisão.

O ofício, assinado pelo diretor de Competições da FMF, pontua ainda a “necessidade de adoção de medidas pedagógicas para coibir práticas semelhantes” e determina: fica proibido o “acesso do mascote Galo Doido na partida Clube Atlético Mineiro X Associação Atlética Caldense, a ser realizada no dia 19”.

Entenda

A atitude que gerou a punição da Federação Mineira de Futebol aconteceu no segundo tempo do clássico desse domingo. Após o gol de Vitor Roque, aos 24 minutos, os atacantes do Cruzeiro correram para comemorar e pularam a placa de publicidade que ficava próxima ao campo.

Nas imagens da partida, é possível ver que, quando os jogadores cruzeirenses se aproximam de outros atletas, perto da torcida do Atlético, o mascote do Galo corre em direção aos rivais e chega a “peitar” um dos jogadores. Nas redes sociais, o momento divertiu torcedores atleticanos, mas acabou rendendo a punição anunciada hoje.

Procurado pelo BHAZ, o Atlético disse apenas que “tem que cumprir” a decisão.

Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Editora do BHAZ desde julho de 2021 e repórter desde 2019. Graduada em jornalismo pela PUC Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais). Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2021, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sebrae de Jornalismo também em 2021.

Comentários