Esposa de Daniel Alves, preso suspeito de estupro, desabafa nas redes sociais

Daniel Alves e esposa
Joana Sanz também sofre com a perda da própria mãe (Reprodução/@joanasanz/Instagram)

A modelo espanhola Joana Sanz, esposa do jogador Daniel Alves, fez um desabafo nas redes sociais nesta segunda-feira (23). O atleta é suspeito de estupro e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça espanhola na sexta-feira (20).

“Coração, aguenta tanta dor, por favor”, diz mensagem escrita no bloco de notas do celular e publicada pela modelo no Instagram.

Desabafo
Joana Sanz postou nota no Instagram (Reprodução/Instagram)

Além da prisão do marido, Joana Sanz também sofre com a perda da própria mãe, que morreu há pouco mais de uma semana. Na última sexta-feira, a modelo pediu privacidade para lidar com o momento difícil.

“Minha mãe morreu há uma semana e eu estou apenas começando a entender que ela não está mais comigo para que vocês me atormentem com a situação do meu marido. Perdi os únicos dois pilares da minha vida. Tenham um pouco de empatia em vez de buscar tanta notícia na dor alheia. Obrigada”, escreveu.

Antes disso, a esposa de Daniel Alves já havia feito outra publicação em apoio ao jogador, pouco depois de ele ser preso. “Juntos”, escreveu Joana Sanz ao postar uma foto de mãos dadas com o marido.

Investigado por estupro

Daniel Alves foi preso na última sexta-feira após ser denunciado por estupro. Uma mulher afirma que o jogador de futebol abusou sexualmente dela dentro da boate Sutton, no dia 30 de dezembro de 2022. 

Segundo a vítima, o suspeito a tocou por baixo de sua roupa íntima sem consentimento, a levou ao banheiro e a forçou a fazer sexo com ele.

A mulher ainda relatou aos amigos o que aconteceu e procurou a segurança do local, que seguiu os trâmites para casos de agressão sexual. A polícia foi até a boate, mas o jogador já tinha ido embora no momento da chegada das autoridades.

De início, Daniel Alves publicou um pronunciamento nas redes sociais sobre a denúncia, no último dia 5. O atleta confirmou que estava na boate no dia, mas, além de negar quaisquer crimes, ele ainda afirmou que não conhecia a mulher que o acusa de estupro.

No entanto, segundo o jornal espanhol El Periódico, a versão caiu por terra depois que imagens de câmeras de segurança mostraram que os dois passaram cerca de 15 minutos em um banheiro. Daniel Alves, então, mudou a versão inicial e admitiu que conhecia a mulher.

Interrogado pela juíza, o atleta de 39 anos afirmou que o que aconteceu com a mulher no banheiro foi consensual. No entanto, ainda segundo o jornal, as gravações e os testemunhos colhidos pela polícia não coincidem com nenhuma das versões que Daniel Alves deu.

Edição: Roberth R Costa
Sofia Leão[email protected]

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!