Pesquisar
Close this search box.

VÍDEO: Influenciador é atacado por guepardo ‘de estimação’ e gera polêmica

Por

influenciador atacado por guepardo
O influenciador digital Nouman Hassan foi atacado por um guepardo (Reprodução/@nouman.hassan1/Instagram)

Um influenciador digital de Laore, no Paquistão, causou polêmica nas redes sociais após postar um vídeo sendo atacado por um guepardo. O registro, compartilhado no dia 13 de maio, já acumula mais de 174 milhões de visualizações.

Nouman Hassan é um influenciador que cria animais selvagens e os exibe no Instagram, onde tem 2,2 milhões de seguidores. No vídeo em questão, ele apareceu fazendo carinho em um guepardo, que ficou agitado e o atacou com a pata na região da orelha.

“Ataque de guepardo”, escreveu Nouman na legenda do vídeo. Rapidamente, o influencer se levantou e foi para longe do animal, que estava acorrentado ao lado de outro homem. É possível ouvir uma terceira pessoa rindo da situação ao fundo do registro. Assista:

Nos comentários, vários internautas criticaram a atitude de Nouman em tratar o guepardo como um animal de estimação. “Não mantenham animais selvagens como animais de estimação! Eles merecem ser livres!”, disse uma pessoa.

“Que mentalidade pobre!!! Tirar o animal selvagem do habitat dele para criá-lo como um de estimação. Péssimo para o equilíbrio normal do ecossistema e ainda pior para o ser humano que finge não ver as consequências a curto e longo prazo”, declarou outra usuária.

Um terceiro internauta também criticou. “Bem feito. Não sei que mania desse povo em querer criar animal selvagem em casa”.

Segundo o portal NDTV, o influenciador tem uma coleção de leões adquiridos em um leilão do Lahore Safari Zoo, em agosto do ano passado. O zoológico leiloou uma dúzia de leões e tigres para liberar espaço e reduzir gastos com carne.

Andreza Miranda

Graduada em Jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2020. Participou de duas reportagens premiadas pela CDL/BH (2021 e 2022); de reportagem do projeto MonitorA, vencedor do Prêmio Cláudio Weber Abramo (2021); e de duas reportagens premiadas pelo Sebrae Minas (2021 e 2023).

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ