Olavo de Carvalho morre aos 74 anos; família Bolsonaro lamenta nas redes sociais

olavo-de-carvalho-morre
Olavo de Carvalho estava internado em hospital nos EUA. (Reprodução/Olavo de Carvalho /Facebook)

A morte do escritor e influenciador Olavo de Carvalho, de 74 anos, foi confirmada em suas redes sociais na madrugada desta terça-feira (25). Ele estava internado em um hospital de Richmond, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos.

A nota divulgada pela família não informa a causa da morte de Olavo. Neste mês, administradores do grupo de Telegram que reúne seguidores do escritor informaram que ele foi diagnosticado com Covid-19, informação ainda não descartada pelos familiares.

“O professor deixa a esposa, Roxane, oito filhos e 18 netos. A família agradece a todos os amigos as mensagens de solidariedade e pede orações pela alma do professor”, diz o texto.

Olavo Luiz Pimentel de Carvalho se intitulava professor de filosofia, apesar de não ter formação acadêmica nesse campo. Natural de Campinas, no interior de São Paulo, ele morava nos Estados Unidos há mais de 15 anos.

Foi um dos principais nomes do conservadorismo a apoiar a ascensão do bolsonarismo no Brasil. Tornou-se conhecido especialmente por seus cursos online e livros avessos a discursos apontados como “politicamente corretos”.

Recentemente, Olavo endureceu as críticas direcionadas ao presidente Jair Bolsonaro (PL), especialmente após perder grande parte de sua influência no governo em decorrência do espaço conquistado por militares e Centrão. Em dezembro passado, afirmou nas redes sociais que votaria novamente no mandatário somente por falta de opção. Também disse que ele falhou na briga contra o que considera ser o comunismo.

Bolsonaro lamenta morte de Olavo de Carvalho

Pelas redes sociais, ainda durante a madrugada, o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos Carlos – vereador do Rio de Janeiro – e Eduardo – deputado federal pelo PSL – divulgaram homenagens a Olavo. Veja abaixo:

Comentários