Kalil diz querer ‘aliança formal’ com Lula e dispara: ‘Quem entende de Bolsonaro é Romeu Zema’

Kalil e Lula
Kalil apresenta crescimento em cenário em que tem apoio de Lula (Amanda Dias + Ricardo Stuckert/Lula)

Em meio a um imbróglio que vem impossibilitando a união entre o PSD e o PT em Minas, Alexandre Kalil, ex-prefeito de Belo Horizonte, disse querer uma “aliança formal” com o ex-presidente Lula. A declaração do pré-candidato ao governo do estado foi feita nesta quarta-feira (11) durante sabatina UOL/Folha.

Kalil ainda disse que “quem entende de Bolsonaro [PL] é Romeu Zema”, atual governador de Minas pelo Novo. “Que se pronunciou a favor da cloroquina, que acha que cesta básica é crime, que tem que morrer de fome mesmo”, completou o ex-prefeito.

Durante a sabatina, o pré-candidato disse ter uma “visão humana, como o presidente Lula”, chamado por ele de “grande líder”. Apesar de elogiar Ciro Gomes (PDT), Alexandre Kalil declarou voto ao petista nas eleições para a presidência da República.

‘Bolo’ no Lula?

Kalil não se encontrou com o petista na capital mineira: o ex-prefeito enfrenta resistência para consolidar a aliança porque o PSD lança o nome de Alexandre Silveira para o Senado, enquanto o PT quer o deputado federal Reginaldo Lopes no cargo.

Ele, no entanto, nega que teria “dado um bolo” no ex-presidente durante a visita dele em BH. “Pelo tamanho do presidente Lula, ninguém dá bolo nele. Quem dá bolo é malcriado, não cumpre o dever e não vai ao encontro que marcou. Como não houve nada marcado, então não houve bolo. O que o candidato Alexandre Kalil quer é uma aliança formal com o presidente Lula”, declarou.

“O que combinamos foi simples: eu apoio o senador Alexandre e o senador Alexandre apoia o governador Kalil. Não posso fazer um voo solo e nem Lula um voo solo. O Lula está conversando com o partido dele e eu com o meu. Não podemos desprezar nem o PT, nem o PSD”, completou o pré-candidato na sabatina.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários