Pesquisar
Close this search box.

Praças de BH terão sessões de cinema gratuitas neste mês

Por

sessões cinema gratuitas bh
(Iepha/Divulgação)

Belo Horizonte vai receber, de 23 a 28 de abril, o festival Cine Pojichá que vai promover a exibição gratuita de filmes em diversas praças da cidade. O público vai poder assistir, em seis espaços da capital, a onze produções, nas categorias ficção, documentário e experimental, criados por cineastas mineiros.

A abertura é no dia 23 de abril, às 19h, com exibição do curta “Bruta”. Durante o festival, também estão previstas oficinas de roteiro cinematográfico e produção em audiovisual.

A programação é toda gratuita, com acessibilidade em Libras, e acontece no Cine Santa Tereza, Praça Duque de Caxias, Praça Floriano Peixoto (Santa Efigênia), Casa Ativa (Venda Nova), Quadra Serra Verde (Venda Nova) e Praça José Verano da Silva (Barreiro).

“Acreditamos que a mostra local é uma ferramenta importante para fomentar e fortalecer o audiovisual mineiro”, comenta Cris Diniz, que assina a coordenação em parceria com Bruny Murucci e Florisvaldo Cambuí Júnior, integrantes do Incena.

Anota aí

Festival Cine Pojichá

23/04 – Santa Tereza

  • 18h – Praça Duque de Caxias. 
  • Longa-metragem: Bruta (Direção: As Talavistas E Ela.Ltda) 
  • 19h – Cine Santa Tereza.
  • Aula magna com os cineastas indígenas Sueli Maxakali e Isael Maxakali. 

24/04 – Santa Tereza 

  • 10h às 12h – Cine Santa Tereza.
  • Oficina de introdução à escrita de Roteiro Cinematográfico. 
  • 18h – Praça Duque de Caxias

Sessão de curtas

  • Manifesto não-binário pela desistência do gênero ( Mostra Especial)
  • Nunca Pensei Que Seria Assim
  • Sala de espera
  • Calaboca e Escuta

25/04 – Santa Efigênia

  • 18h – Praça Floriano Peixoto. 

Sessão de curtas

  • No Início do Mundo 
  • Da Janela, quem é a Namoradeira? 
  • Depois da margem (Mostra especial)
  • Ebulição ( Mostra especial)
  • Pequeno Beijo Pudim 
  • Divina

26/04 – Santa Tereza

  • 16h30  – Sessão Vanguarda das Lutas: Mulheres Negras na Conquista de Direitos
  • Almerinda, Uma Mulher de Trinta (1991, 25 minutos)
  • São Paulo Abraça Mandela (1991, 22 minutos)
  • Eu, Mulher Negra (1994, 31 minutos)
  • *Debate com Alessandra Brito
  • 19h – Aula Magna de Joel Zito Araújo em roda de conversa com o grupo de pesquisa Poéticas da Experiência e lançamento do catálogo impresso


27/04 – Barreiro

18h – Praça José Verano (Praça da FEBEM)

Sessão de curtas

  • Manifesto não-binário pela desistência do gênero 
  • Nunca Pensei Que Seria Assim
  • Sala de espera
  • Calaboca e Escuta

28/04 – Venda Nova

  • 10h às 12h – Casa Ativa
  • Oficina de introdução à Produção em Audiovisual. 
  • 16h às 18h – Casa Ativa
  • Seminário “O cineclube é nosso”
  • 18h – Quadra Serra Verde
  • 19h – Casa Ativa
  • Festa de encerramento

Sessão de curtas

  • No Início do Mundo 
  • Da Janela, quem é a Namoradeira? 
  • Depois da margem
  • Ebulição
  • Pequeno Beijo Pudim 
  • Divina

 

Larissa Reis

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog. Também participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2022.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ