Maraisa responde comentário maldoso sobre postura da irmã no velório de Marília Mendonça

Maraisa e Maiara velorio Marilia
Maiara e Maraisa acompanharam o corpo de Marília Mendonça no trajeto até o cemitério. (Igo Estrela/Metrópoles)

Este sábado (6) deve ter sido um dos dias mais difíceis das vidas das irmãs sertanejas Maiara e Maraisa. Elas acompanharam de perto, em Goiânia, o velório e o enterro da cantora Marília Mendonça, de quem eram amigas há anos. As três tinham, inclusive, um projeto musical juntas, o “Patroas”, com álbum recém lançado e turnê marcada para 2022. Com tamanha proximidade, a tragédia aérea deixou a dupla consternada e, visivelmente, abalada.

Durante a noite de sábado e madrugada de domingo, Maraisa encontrou forças para fazer uma série de desabafos no Twitter. Ela também rebateu um comentário com análises sobre a postura de sua irmã durante o velório.

Ao lado do corpo de Marília, Maiara falou com a amiga e fez carinhos em seu rosto. Alguns perfis no Twitter analisaram que a sertaneja estaria tão abalada que ainda não teria real consciência sobre a morte da cantora, por isso agiu de “forma automática”. Maraisa fez questão de descartar essa hipótese.

“A Maiara não estava no automático!! Minha irmã é a mulher mais foda que eu conheço! Ela sabia que ali só estava o corpo da Marília! Pq o que vive é o sentimento dentro do seu coração!! Minha irmã ama a Marília com todas as forças que alguém pode amar! Calem a boca!!!!”, escreveu ao rebater uma das análises.

O perfil responsável especificamente pelo comentário respondido por Maraisa deletou a afirmação inicial sobre Maiara e, logo depois, sumiu da rede social.

‘Juntando meus cacos’, diz Maraisa

Já de madrugada, Maraisa falou um pouco sobre seus sentimentos diante da morte de Marília Mendonça. Ela escreveu um desabafo direcionado para a amiga. Leia abaixo a sequência de tweets na íntegra.

“Tudo no meu corpo dói… Só sei conversar chorando e você muito bem sabe o quanto eu sou ruim pra essas coisas. Nunca imaginei que um dia teria que arrumar uma roupa preta pra ir te encontrar pela última vez como foi hoje.

Beijei, toquei e quando iam fechar eu já pensava que eu nunca mais ia te ver! E os nossos sonhos?? E os nossos planos?? Tô inconformada, em alfa! Começo a falar uma coisa e esqueço! Estou forte e, de repente, saio do eixo! Vou cantar e parece que nunca fiz isso na vida.

Queria ouvir nosso álbum com você, sempre lembrando do porquê escolhemos cada faixa, mas você não responde… Você não diz nada… Parece que está dormindo em um sonho de princesa!…

Juntando meus cacos, minhas forças, conversando com Deus e pedindo ajuda a Ele, mais do que nunca, porque eu nunca tive que conversar com alguém trancado em uma caixa de madeira. Amiga… Eu sei que você, mais do que ninguém, ia me querer forte mas eu nem sei se você me ouve.

Dessa vez você não vai ter a Maraisa inabalável. É uma dor, uma tristeza… Vivendo e morrendo ao mesmo tempo! Eu nunca vou entender! Mas eu sempre vou te amar. E irei honrar seu nome e seus sonhos até o fim da minha vida!!!”

Comentários