‘Uber de Ônibus’ terá suas primeiras viagens no início de março; preços 50% mais baratos

Divulgação

Depois de alguns problemas que adiaram a primeira viagem do Buser, o “Uber de Ônibus”, o aplicativo finalmente fará sua estreia no dia 2 de março (sexta-feira) e volta no dia 4 (domingo). Inicialmente serão três rotas e os preços variam de acordo com a lotação.

A empresa está na Justiça e aguarda um parecer. Os fundadores do aplicativo estão otimistas. “Depois que o sindicato das empresas de transporte de passageiros, que representa as empresas de linha, entrou com uma liminar contra a Buser, a gente captou recursos de três fundos de investimento (venture capital) e contratou o melhor advogado em regulação do Brasil, o professor Carlos Ari Sundfeld, da Fundação Getúlio Vargas. Ele não só garantiu que estamos totalmente dentro da lei, quanto fez um parecer para explicar ao judiciário que nosso modelo de negócio e totalmente legal”, comenta Marcelo Vasconcelos, co-fundador do Buser, ao Bhaz.

Aplicativo

O usuário deve baixar o aplicativo, já disponível para Android, e fazer seu cadastro no grupo desejado para confirmar a reserva. De acordo com os criadores da plataforma, uma passagem de BH (MG) para Ipatinga (MG) na rodoviária seria R$ 71,05 cada trecho ou R$ 142,10 ida e volta. Com o fretamento colaborativo, o valor pode sair até R$ 65,22 ida e volta, uma economia de 55%.

Outro trecho é o de São Paulo (SP) para Araçatuba (SP). Na rodoviária, seria R$ 149 cada trecho R$ 298 ida e volta.  Com o fretamento colaborativo, o trecho pode sair por até R$ 119,56 ida e volta, o que gera 61% de economia. De Belo Horizonte (MG) para Uberlândia (MG), na rodoviária, o preço seria de R$ 167,32 cada trecho ou R$ 334,64 ida e volta. Com o Buser, pode ser até R$ 152,18 no total, uma economia de 55%.

  • Belo Horizonte/MG – Ipatinga/MG (Ida: 2/3, às 21h, no Terminal Turístico JK | Volta: 4/3, às 19h30, no Posto GT4 – Estação do Chopp)
  • São Paulo/SP – Araçatuba/SP (Ida: 2/3, às 19h, no Tietê – Blue e Red Estacionamento | Volta: 4/3, às 19h, no Posto Rotatória)
  • Belo Horizonte/MG – Uberlândia/MG (Ida: 9/3, às 19h, no Terminal Turístico JK | Volta: 11/3, às 19h, no Posto ZZ – BR-365)

Rotas

O usuário também pode sugerir novas rotas. Para isso, basta fazer o cadastro e criar um grupo com destino, dia e horário. Todos os usuários terão acesso e poderão aderir ao trajeto. Dessa forma, novas viagens são criadas. A ocupação mínima para a realização da viagem é de 60%. O usuário terá a confirmação do deslocamento até 24 horas antes da partida. Caso o ônibus não tenha ocupação máxima, o valor cobrado será proporcional à lotação. Veja o exemplo de BH – Ipatinga na tabela abaixo:

Em relação à segurança dos clientes, o Buser afirma que todos os ônibus possuem seguro e são regulamentados de acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). São três empresas já associadas ao Buser em BH. A opção do Buser será pela que oferecer o melhor preço para a viagem, o que será definido na confirmação do grupo.

Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Editor e repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sindibel (2019) e Sebrae (2021).