Mineirão vai receber jogos da Copa do Mundo Feminina de 2027

Estádio foi iluminado com luzes verdes e amarelas após a notícia nesta madrugada (Reprodução/X/@Minierão)

O estádio do Mineirão, em BH, receberá jogos da Copa do Mundo Feminina de 2027. É o que consta na proposta que fez o Brasil ser escolhido, na madrugada desta sexta-feira (17), para receber o Mundial Feminino pela primeira vez.

O país obteve 119 votos na eleição, enquanto a chapa tripla formada por Alemanha, Holanda e Bélgica conseguiu 78 votos. Essa também será a primeira Copa Feminina na América do Sul. O Brasil sediou o Mundial masculino de 1950 e o de 2014.

Por ser a anfitriã, a Seleção Brasileira já está classificada. A 10 ª edição da Copa do Mundo Feminina terá 32 países e será disputada em dez cidades.

Em Bangkok, integraram a comitiva brasileira o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o ministro do Esporte, André Fufuca, Aline Pellegrino (vice-campeã mundial em 20027 e gerente de Competições Femininas da CBF), Kerolin (atacante da Seleção Brasileira), Formiga (única atleta a disputar sete Copas do Mundo da FIFA), as consultoras Valesca Araújo, Jacqueline Barros, Manuela Biz e o consultor Ricardo Trade.

Quais cidades brasileiras vão receber a Copa Feminina de 2027?

A proposta que venceu a eleição, nesta sexta-feira, prevê que dez estádios brasileiros, em 10 cidades diferentes, recebam jogos na Copa do Mundo de 2027. São eles:

  • Mineirão (Belo Horizonte)
  • Beira-Rio (Porto Alegre)
  • Arena Corinthians (São Paulo)
  • Maracanã (Rio de Janeiro)
  • Fonte Nova (Salvador)
  • Arena Pernambuco (Recife)
  • Arena Castelão (Fortaleza)
  • Arena Amazonas (Manaus)
  • Arena Pantanal (Cuiabá)
  • Mané Garrincha (Brasília)

A previsão é de que o jogo de abertura seja em 24 de junho de 2027 e a final, em 25 de julho, um domingo, no Maracanã.

As semifinais seriam em Brasília e São Paulo, e BH receberia a disputa pelo terceiro lugar em Belo Horizonte.

Embora esse planejamento faça parte da proposta vencedora, todas essas definições ainda têm que ser aprovadas pela comissão organizadora da Fifa.

Estádio comemora

Na madrugada de hoje, após a notícia da vitória, o Mineirão foi iluminado com as cores da bandeira brasileira. O perfil do estádio no X, antigo Twitter, comemorou, com humor, o resultado. “Hoje o estagi [estagiário] nem dorme. VEEEEEM 2027!!!! VAAAAI BRASIIIIIIIL”, escreveu.

Vitória por 41 votos de diferença

Segundo a CBF, pela primeira vez na história, a escolha da sede foi realizada da forma mais democrática. Todas as mais de 200 federações nacionais tiveram direito a participar da eleição eletrônica. Até então, a decisão era tomada apenas por 36 integrantes do antigo Comitê Executivo. Na Tailândia, 207 países votaram nesta sexta-feira. Apenas os quatro países candidatos não votaram.

Brasil obteve a melhor nota na avaliação da Fifa

Antes da eleição, o Brasil obteve a melhor nota na avaliação dos técnicos da Fifa, em fevereiro. O país teve nota 4 enquanto a candidatura adversária atingiu a pontuação de 3,7. A nota máxima era 5.

No relatório de quase 100 páginas, divulgado no início do mês, os integrantes da delegação da Fifa que inspecionou o Brasil elogiaram os estádios escolhidos pelo Brasil para sediar o evento e destacaram o potencial comercial do país.

O levantamento avalia critérios como infraestrutura, serviços, aspectos comerciais, sustentabilidade e direitos humanos.

Sinara Peixoto

Formada em Comunicação Social com Ênfase em Jornalismo no Centro Universitário de Belo Horizonte e com pós-graduação na PUC Minas em Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa. Atuou como editora na CNN Brasil, desde a estreia do veículo no país, e na edição do Portal BHAZ. Também despenhou várias funções ao longo de 7 anos na TV Record Minas, onde entrou como estagiária.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!