Bolsonaro se recusa a ir à Globo, e Jornal Nacional cancela entrevista

Jornal Nacional e Bolsonaro
Bolsonaro teria exigido que a sabatina fosse feita no Palácio da Alvorada (João Cotta/Globo + Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil)

Horas após o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) confirmar a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) na entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo, a emissora informou que a participação do candidato à reeleição está cancelada. Bolsonaro teria exigido que a sabatina fosse feita no Palácio da Alvorada, em Brasília, e não nos estúdios da Globo.

+ Bolsonaro volta atrás e confirma presença em entrevista ao Jornal Nacional no Rio

“Tá marcado! Presidente Jair Bolsonaro no Jornal Nacional dia 22/agosto, direto do Palácio do Alvorada!”, publicou o filho do mandatário no Twitter, por volta das 19h50 dessa quinta-feira (4). Pouco depois da meia-noite, nesta sexta-feira (5), o Jornal Nacional informou que a entrevista com o presidente não acontecerá.

De acordo com a Globo, foram convidados os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Datafolha em 28 de julho: Lula (PT), Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante). O último anunciou ontem a desistência da candidatura para apoiar o petista.

Após sorteio para definição da ordem e da data das entrevistas, Lula, Ciro Gomes e Simone Tebet confirmaram presença até o prazo estipulado. William Bonner e Renata Vasconcellos vão conduzir as sabatinas ao vivo, direto dos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro.

‘Não aceitou as regras’

Ainda de acordo com o Jornal Nacional, Jair Bolsonaro não aceitou as regras da entrevista. A assessoria do presidente teria condicionado a concessão da sabatina à realização dela no Palácio da Alvorada.

“Depois das eleições de 2014, porém, a Globo decidiu que sempre realizaria as entrevistas de todos os candidatos à Presidência da República em seus estúdios, de forma a demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições”, esclarece a emissora.

A Globo ainda afirma que a regra não foi contestada pela assessoria de Bolsonaro quando ele foi convidado para entrevistas no g1 e na GloboNews. Dessa forma, a emissora rejeitou o pedido.

“No fim da noite de quinta-feira, a assessoria de Bolsonaro enviou e-mail reiterando a disposição de conceder a entrevista, desde que ela seja realizada no Alvorada, alegando para isso compromissos de campanha anteriormente assumidos. Diante das regras anunciadas reiteradas vezes, a Globo rejeitou o pedido e, por isso, a entrevista não será realizada”, completa.

Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários